+55(34)3271-4505
(34)99214-8470
(34)99982-0644
(34)98400-8040
(34)99870-1035(EMERGÊNCIA)
Ok
Notícias
2938
Número de políticos ligados a igrejas deve crescer em 2018

O Brasil vem testemunhando uma série de denúncias de corrupção nos últimos anos, que resultaram na prisão de ex e atuais deputados, ministros e detentores de cargos públicos. A lista divulgada esta semana pelo STF (Supremo Tribunal Federal), em que o ministro Edson Fachin autoriza novas investigações gerou ainda mais certeza que os que ocupam cargos eletivos hoje em dia não serão reeleitos.

Isso deve se refletir na campanha de 2018, quando deverá aumentar o número de políticos ligados a igrejas, avaliam especialistas ouvidos pela BBC Brasil.

Fachin deu sinal verde e as investigações, no âmbito da Lava Jato, afetarão grande parte dos mais poderosos políticos e dirigentes partidários brasileiros. No total são cerca de duas centenas de pessoas, incluindo os ex-presidentes Fernando Henrique Cardoso, Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff.

Flávia Biroli, vice-diretora do Instituto de Ciência Política da UnB (Universidade de Brasília), acredita que “quando os partidos se enfraquecem e há uma percepção de que o sistema está corrompido, podem se fortalecer atores individuais que se dizem independentes do sistema”.

A professora cita como exemplos o prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), e o deputado federal Jair Bolsonaro (PSC/RJ), cotados como presidenciáveis. Em comum, eles são vistos como pessoas “alheias ao sistema” vigente, rejeitado pela maior parte da população.

A especialista diz ainda que, quando a política partidária perde legitimidade, as igrejas acabam ganhando força “como canais para a construção de carreiras políticas”. Ou seja, deverão ganhar mais espaço candidatos ligados a elas.

O professor de Ciência Política da UnB, David Fleischer aposta em uma renovação de até 70% da Câmara dos Deputados na próxima eleição. Na média, o índice é próximo de 50%, mas por causa das investigações dos citados nas delações da Odebrecht ano que vem as coisas devem mudar.

STE já pensa em barrar igrejas

Está gostando desse conteúdo?

Cadastre seu email no campo abaixo para ser o primeiro a receber novas atualizações do site.

Fique atualizado! Cadastre para receber livros, CDs e revistas promocionais.

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) está analisando uma cláusula para impedir o uso do poder econômico e a influência das igrejas no período eleitoral, afirmou o presidente da Corte eleitoral, Gilmar Mendes.

“Depois da proibição das doações empresariais pelo Supremo Tribunal Federal (STF), hoje quem tem dinheiro? As igrejas. Além do poder de persuasão. O cidadão reúne 100 mil pessoas num lugar e diz ‘meu candidato é esse’. Estamos discutindo para cassar isso”, alegou o ministro.

Segundo o ministro, existe o uso da religião para direcionar as eleições, contando ainda com os recursos das igrejas, sejam eles material ou mesmo o uso dos templos.

Gilmar Mendes comentou que existe uma tendência para abuso de poder econômico de “difícil verificação”, sendo necessário a intervenção do TSE.

Segundo a Veja, a bancada evangélica na Câmara dos Deputados cresce a cada eleição. Conforme informações do TSE, em 1998, eram 47 parlamentares. Em 2014, foram eleitos 80.

A Frente Parlamentar Evangélica do Congresso, tem 181 deputados e quatro senadores participantes, que incluem, os deputados ligados às igrejas, simpatizantes e outros parlamentares que defendem as mesmas matérias.

Hoje no Brasil, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, os evangélicos têm uma representação de 22% da população.

Fonte: https://noticias.gospelprime.com.br/numero-politicos-ligados-igrejas-crescer-2018/


Comentários
(*)Campos obrigatórios, e-mail e telefone não serão publicados)
Notícias de Líderes
Pastor Jorge Linhares
Apóstolo Estevam Hernandes
Pastor Samuel Mariano
Pastor Marco Feliciano
Pastor Samuel Camara
Pastora Sarah Sheeva
Pastor Paulo Marcelo
Pastor Cesino Bernardino
Bispa Ingrid Duque
Pastor Carvalho Junior
Pastor Claudio Duarte
Pastor Gilvan Rodrigues
Pastor Márcio Valadão
Pastor Yossef Akiva
Pastor Adeildo Costa
Apóstolo Renê Terra Nova
Bispa Sonia Hernandes
Pastor Adão Santos
Pastor Josué Gonçalves
Pastor Geziel Gomes
Pastor Samuel Ferreira
Pastor Benny Hinn
Pastor José Wellington Bezerra da Costa
Pastor Aluizio Silva
Pastor Gilmar Santos
Pastor Hidekazu Takayama
Missionário David Miranda
Pastor Elson de Assis
Pastora Joyce Meyer
Bispa Cléo Ribeiro Rossafa
Pastora Helena Tannure
Pastor Oseias Gomes
Pastor Reuel Bernardino
Pastor Lucinho
Apóstolo Valdemiro Santiago
Missionário RR Soares
Bispo Rodovalho
Bispa Lucia Rodovalho
Pastor Reuel Pereira Feitosa
Pastor Julio Ribeiro
Apóstolo Agenor Duque
Pastor Silas Malafaia
Apóstolo César Augusto
Pastor Billy Graham
Pastora Bianca Toledo
Pastor Abílio Santana

O Seminário Gospel oferece cursos livres de confissão religiosa cristã que são totalmente à distância, você estuda em casa, são livres de heresias e doutrinas antibiblicas, sem vinculo com o MEC, são monitorados por Igrejas, Pastores e Teólogos de Grandes Ministérios totalmente baseado na Santa Palavra de Deus, ao final você recebe DOCUMENTAÇÃO INTERNACIONAL valida no âmbito religioso.

Notícias de Cantores
Cantor Irmão Lázaro
Cantora Karen Martins
Cantora Shirley Carvalhaes
Cantor Marquinhos Gomes
Ministério Diante do Trono
Cantor Davi Sacer
Cantor Mattos Nascimento
Cantora Fernanda Brum
Ministério Renascer Praise
Banda Oficina G3
Cantora Damares
Cantora Elaine de Jesus
Cantora Nivea Soares
Cantora Cristina Mel
Cantora Bruna Karla
Cantor Kleber Lucas
Cantora Ludmila Ferber
Cantora Cassiane
Cantora Lauriete
Cantora Rose Nascimento
Cantora Aline Barros
Cantora Eyshila
Cantor Regis Danese
Cantor Fernandinho
Cantora Alda Célia
Voz da Verdade
Cantora Andrea Fontes
Cantora Lea Mendonça
Cantora Ana Paula Valadão
Cantora Mara Lima
Cantor André Valadão