+55(34)3271-4505
(34)99214-8470
(34)98893-1993
(34)99982-0644
(34)98400-8040
(34)99870-1035(EMERGÊNCIA)
Ok
Notícias
2596
Local do julgamento de Jesus pode ter sido encontrado

Esta é a semana mais intensa do ano em Jerusalém, enquanto milhares de moradores e peregrinos comemoram tanto o Pessach (Páscoa), que marca a saída dos judeus do Egito, quanto a Semana Santa, que culmina com o domingo da ressurreição.

Dentro das muralhas da Cidade Velha, descobertas recentes indicam que o Palácio de Herodes pode ter sido o local, cerca de 2.000 atrás, onde Pôncio Pilatos julgou e condenou Jesus.

Em 1999, arqueólogos encontraram um edifício enquanto trabalhavam no espaço que serviria para a expansão do museu da “Torre de Davi”. As ruínas estavam por baixo de uma prisão otomana, edificada no local durante a Idade Média. Não há dúvidas que o local abrigava o Palácio do Rei Herodes. Registros em suas paredes remontam ao período do Primeiro Templo.

Contudo, durante séculos a tradição indicava que Pilatos tinha emitido a sentença de morte na fortaleza Antônia, localizada na parte nordeste da cidade velha, onde ficava a guarda Pretoriana Romana.

As evidências indicam que Pilatos mais provavelmente realizou o julgamento em seu palácio, edificado sobre as ruínas do lendário rei Davi.

O arqueólogo israelense Amit Re’em dirigiu escavações no Palácio de Herodes. Ele explicou à CBN: “Parece lógico supor que o governador romano local aqui em Jerusalém – Pôncio Pilatos – também estava no palácio de Herodes, por que ele estava acostumado a viver em meio ao todo o luxo”.

Re’em não vê motivos para o governante ter se deslocado. O pesquisador conhece muito bem a longa história registrada no local. “Até agora, essas paredes impressionantes eram os únicos vestígios do Palácio de Herodes. Não sabemos o que aconteceu com as superestruturas, que sustentava o palácio. Talvez tenham sido destruídas em uma grande revolta, ou derrubadas pelos próprios romanos, ou mesmo pelos cruzados ou pelos otomanos”, especula.

Está gostando desse conteúdo?

Cadastre seu email no campo abaixo para ser o primeiro a receber novas atualizações do site.

Fique atualizado! Cadastre para receber livros, CDs e revistas promocionais.

De modo especial nessa época, os cristãos refletem sobre o que aconteceu nas horas que antecederam a crucificação do Senhor. Esse entendimento maior sobre o local onde tudo ocorreu desafia os estudiosos.

O teólogo David Pileggi afirma que é quase uma conclusão precipitada afirmar que Jesus foi trazido até o palácio. “Não sabemos exatamente onde Jesus foi julgado, onde foi ouvido por  Pilatos, mas sabemos que foi em algum lugar no palácio de Herodes”, afirma o estudioso.

“Sabemos apenas que o palácio de Herodes, o Grande, acabou se tornando propriedade romana após a morte de Herodes e que todos os anos, na época da Páscoa, Pôncio Pilatos vinha da Cesária até Jerusalém, para supervisionar a segurança da cidade durante as festas”, continuou ele.

Segundo Pileggi, o Museu da Torre de David abrange toda a história de vida de Jesus.

“Há meio século que os estudiosos vêm dizendo que a história de Jesus começa na Torre de Davi, ou melhor, o que naqueles dias era o Palácio de Herodes. Foi aqui que os Reis Magos vieram visitar o rei Herodes. Também é aqui que sua vida basicamente termina. Quando Pôncio Pilatos o condenou à morte, anunciou seu fim no mesmo local onde foi anunciado a sua chegada. Por isso, há algumas coincidências muito interessante nesta história”, resume.

A arqueóloga israelense Renee Sivan também estava trabalhando no local quando o Palácio de Herodes foi descoberto. Dezesseis anos depois, ela afirma que ainda está impressionada com o poder e opulência do lugar, bem como a trágica história de crueldade e brutalidade ocorrida dentro das muralhas da cidade.

“Jerusalém é como uma cebola”, compara. “Tire uma camada e você achará outra, parece que  nunca termina, então você chora um pouco, mas não muito. É o que acontece aqui”. Para ela, conhecer o local onde o julgamento ocorreu ajudaria os cristãos a “visualizar melhor os eventos monumentais que aconteceram a Jesus de Nazaré na sua última semana de vida”.

Geografia bíblica

Os responsáveis pela descoberta, revelada pela primeira vez em 2015, estão certos de faria mais sentido o julgamento ter sido aqui quando se acompanha a narrativa do Novo Testamento.

Sabe-se que o palácio de Herodes ficava no lado oeste da cidade, isso combina com as ruínas encontradas junto à Torre de Davi. Há registros históricos que o julgamento teria acontecido “próximo de um portão e de uma rua com pedras irregulares”, o que estaria presente no achado arqueológico.

O arqueólogo Shimon Gibson, da Universidade da Carolina do Norte, lembra: “Não há inscrição que comprova que o julgamento aconteceu aqui, mas todos os relatos – arqueológicos, históricos e do evangelho- parecem apontar para cá”.

Fonte: https://noticias.gospelprime.com.br/local-julgamento-de-jesus-pode-ter-sido-encontrado/


Comentários
(*)Campos obrigatórios, e-mail e telefone não serão publicados)
Notícias de Líderes
Pastor José Wellington Bezerra da Costa
Pastor Silas Malafaia
Pastor Claudio Duarte
Pastor Paulo Marcelo
Pastor Benny Hinn
Pastor Marco Feliciano
Pastor Julio Ribeiro
Pastor Lucinho
Pastor Adão Santos
Pastor Samuel Ferreira
Pastor Samuel Camara
Pastor Hidekazu Takayama
Pastor Elson de Assis
Pastor Geziel Gomes
Pastor Oseias Gomes
Bispo Rodovalho
Pastora Joyce Meyer
Bispa Cléo Ribeiro Rossafa
Pastora Bianca Toledo
Apóstolo César Augusto
Apóstolo Valdemiro Santiago
Apóstolo Estevam Hernandes
Missionário RR Soares
Pastor Adeildo Costa
Missionário David Miranda
Pastor Yossef Akiva
Pastor Samuel Mariano
Pastor Márcio Valadão
Pastor Josué Gonçalves
Pastor Aluizio Silva
Pastora Helena Tannure
Pastor Reuel Pereira Feitosa
Pastor Cesino Bernardino
Pastor Reuel Bernardino
Bispa Sonia Hernandes
Pastor Jorge Linhares
Pastora Sarah Sheeva
Pastor Gilmar Santos
Bispa Ingrid Duque
Bispa Lucia Rodovalho
Pastor Carvalho Junior
Pastor Billy Graham
Pastor Gilvan Rodrigues
Pastor Abílio Santana
Apóstolo Agenor Duque
Apóstolo Renê Terra Nova

O Seminário Gospel oferece cursos livres de confissão religiosa cristã que são totalmente à distância, você estuda em casa, são livres de heresias e doutrinas antibiblicas, sem vinculo com o MEC, são monitorados por Igrejas, Pastores e Teólogos de Grandes Ministérios totalmente baseado na Santa Palavra de Deus, ao final você recebe DOCUMENTAÇÃO INTERNACIONAL valida no âmbito religioso.

Notícias de Cantores
Cantora Rose Nascimento
Cantora Shirley Carvalhaes
Cantora Ludmila Ferber
Cantor Marquinhos Gomes
Cantora Ana Paula Valadão
Cantor Irmão Lázaro
Cantor Regis Danese
Cantora Nivea Soares
Cantor Fernandinho
Cantora Lea Mendonça
Banda Oficina G3
Ministério Diante do Trono
Ministério Renascer Praise
Cantora Bruna Karla
Cantor Davi Sacer
Cantora Cristina Mel
Cantora Mara Lima
Cantora Elaine de Jesus
Cantor Kleber Lucas
Cantora Damares
Cantora Aline Barros
Cantora Karen Martins
Cantora Alda Célia
Cantor André Valadão
Cantora Andrea Fontes
Cantora Fernanda Brum
Cantora Lauriete
Cantora Eyshila
Cantor Mattos Nascimento
Voz da Verdade
Cantora Cassiane